segunda-feira, 22 de junho de 2009

Tostines*

Ando tão pouco inspirada nos últimos dias que não consegui escrever nada. Pelo menos nada que valesse a pena compartilhar. Sei lá, talvez seja apenas ressaca de uma fase reclamenta. Reclamei tanto, mas tanto, que agora fiquei meio sem ter o que pontuar.

Mas agora entrei de novo numa fase ok. Tá tudo certo, onde deveria estar. E com viés de alta. E passada a má fase parei pra pensar que na verdade tudo na vida sempre está onde deve estar. Os chatos a sua volta se mantém chatos, os FDPs continuam FDPs e os bacanas idem, mas com esses é fácil lidar (quase) sempre. E você normalmente vive bem nesse ecossistema.

Mas um belo dia você dorme com a bunda descoberta e passa a agir como se tudo fosse uma grande cilada milimetricamente armada única e exclusivamente para te foder. Ah, e você se fode. E como se fode! Sem saber se tá se fodendo porque é fodido ou se é fodido porque tá se fodendo. No melhor estilo Tostines, a única coisa que você sabe é que é fresquinho.

Mas na verdade não é nada disso. Você dificilmente se fode mais do que já se fodeu outrora. A vida de qualquer bípede tende a ser básica, salvo uma ou outra tragédia que pode nos pegar de surpresa (Deus nos livre das más horas!). O Twitter tá aí pra nos provar isso.

A maioria de nós não coleciona grandes feitos ou grandes decepções (É aí que o memorável faz sentido). E a maioria de nós tem porções de alegrias e realizações pra compartilhar mais ou menos na mesma medida. Tudo bem clichesento mesmo! Fazer o quê? Tá tudo certo.

Já pensou se o mundo fosse feito só de Giseles Bünchueins e Elvis? Ia dar na mesma só que sem ícones inalcançáveis para ficarmos nos comparando. Por isso, um pouco de histeria é necessário pra sair do marasmo e sentir frio, calor, dor, euforia, borboletas no estômago e a falta de chão sob os pés.

É, essa vida é louca, ou talvez seja eu. Aliás, é bem provável que seja eu.

*

2 comentários:

Cãmi disse...

E a tag Gisele Bündchen? hahahahaha

amei! É isso ai, Tostines é o maior mistério da vida.
\o/
Não?

bjunda

gremunhoz disse...

Bom, o comment anterior também vale para esse post. Bem vinda à fase OK!
A vida "anônima" é tão mais rica em filmes e novelas, sempre prefiro. ELES é que ainda não descobriram. ;-)