quinta-feira, 4 de junho de 2009

Bota pra subir

Passa da meia noite, tá frio bagarai aqui em SP e foi exatamente nesse contexto que uma bigorna Acme caiu na minha cabeça. Pois é, depois de alguns dias tristes que viraram semanas, que virou fase e tava virando estilo de vida, eu me liguei: em que momento eu resolvi virar uma cuzona?

Foi como rebobinar uma fita e ver de novo um filme chato com roteiro tirado de um tango argentino. E esse é o ponto! Eu amo tango, mas nunca quis viver um. E aí foi só debulhar o rosário mentalmente.

Fácil nunca foi, mas ruim também não é. O placar continua a favor e se olhar com carinho, nunca esteve melhor! A armadilha, pra variar, é volta e meia esquecer isso e garrar no VDM life style: Tudo dá errado porque só reclamo ou só reclamo porque tudo dá errado? NOT!

Não, não vou acordar menos coração peludinho amanhã. Muito menos sair rindo com os dentes de baixo pra todo mundo (não fui abduzida), mas me espera minha mãe que eu to voltando!

Até porque o rancor sem piada é mágoa pesada. Dói no corpo, reflete na vida e sobe pra alma. E entrar no looping de pisar na própria janta é só burrice pra se matar de fome. E nem de fome eu gosto!

5 comentários:

Cãmi disse...

Aliás, seria ótimo se nós duas aprendêssemos a passar fome de vez em qdo... assim, só uma fominha. Só pra variar. hehehe

Bem-vinda de volta. O dia ta lindo aqui fora! :D
beijonas

Danielle disse...

É, nêga, o negócio é plano B na cabeça e, enquanto ele não chega, plano A no coração. Se é que vc me entende...tem que abstrair pq reclamar é pra loosers! Beijo! Dani Barg

bjomeliga disse...

Se ficar pra baixo resolvesse alguma coisa, eu seria a pessoa mais bem resolvida desse mundo.
Brindemos a volta por cima, pois!

Renata disse...

eeeeba. estava torcendo muito pra chegar este dia. fico tão feliz em ler isto. welcome back!

gremunhoz disse...

Você nunca esteve tão poética. Que linda. A parte ruim da poesia é que quando estamos muito bem, vira prosa. Quem dera Tostines soubesse, que tudo dá errado porque só reclamo. ;-)