quinta-feira, 7 de maio de 2009

Meritocracia da vida: fail

Chega a ser engraçada a forma como as coisas se impõem diante da gente nessa vida. Desde criança somos condicionados ao esquema: Aja direitinho que você ganha um biscrok. E assim seguimos. Fazendo a lição, para ter mais horas de televisão. Comendo o brócolis, para ser brindado com o sorvete. Tirando boas notas, para ganhar a visita do bom velhinho. Até que você cresce e percebe que esse tipo de meritocracia não existe na vida prática.

Você tenta e faz a coisa certa. Estuda, trabalha se dedica, mas a conta não fecha. Aí muda de tática, se corrige, melhora e NADA de biscrok.

E nessa matemática questionável quem sai vencendo é só a culpa católica. Porque na busca eterna por um lote com vista pro mar no éden todo mundo tenta se enquadrar. Só que no fim das contas é tudo pessoal e intransferível e o fato de você agir corretamente de acordo com a sua lógica e ética não te garante nada nem de bom nem de ruim.

Simplesmente não existe crime, nem castigo. Muita gente faz pouco e ganha muito. E tem até quem não faz nada e só recebe.

Fail! Fail! Fail!

4 comentários:

RodOgrO disse...

Não conseguiria dizer melhor. Falta meritocracia na vida, ou então fi educado errado. Humpf. >.<

bjomeliga disse...

Já sentei, já rolei, já fingi de morto e nada de biscrok. É como eu disse, tô só esperando meu insight glorioso pra fazer parte da turminha que faz pouco e ganha muito.

Anana disse...

é, tô esperando até hoje os biscroks atrasados...

gremunhoz disse...

Duro, né amiga? Por tudo que você escreveu e pela fase que atravesso, eu só posso considerar que isso é "acerto do Além", porque dentro da lógica do Agora, realmente não tem nada a ver... mas, lembre-se: retroceder nunca, render-se jamais. Tô aqui meio capenga, mas não me rendi ainda, risos.