terça-feira, 31 de março de 2009

Eu não nasci pra sapatos!

Hoje tive uma reunião. Logo, tive que deixar o tenão respingado de tinta em casa e sacar um saltinho mais coerente. O problema é que o único sapatinho que não me machuca está se desfazendo, por motivos óbvios, e tive que apelar para alguma alternativa.

Tentei o menos assassino do armário. Ele é lindo, vermelho, salto grosso, crocodilado e tem lacinho. E na baladinha funciona que é uma beleza. Mas aí é que tá. Eu não fico NOVE horas na baladinha. Nem vou e volto de busão/metrô da baladinha. Nem ando duzentas quadras para chegar à baladinha. Resumindo: me fodi!

E agora estou aqui com cerca de 250 bolhas. Tem bolha até na lateral direita inferior do dedão!!! E de quebra, dei uma torcida no pé que bambeou o salto.

Conclusão: EU NÃO NASCI PRA USAR SAPATOS!

Não há no mundo um que não me agrida. Salvo o verdinho em pleno desmanche, TODOS me causam danos. Inclusive as havaianas (acredite, a tira fere o espaço entre os dedos)! Melissas então, só de olhar já dói. Tanto, que já me manifestei sobre o tema aqui.

All Star? Nem pensar! A ausência total de salto faz doer até o cox. Melhor apanhar na rua. Botas? Hahahahaha! E o bico fino? Nesse caso, é melhor martelar os dedos antes, na esperança de que quebrados eles se moldem ao funil.

Bom, gente. O sofrimento é tanto que eu até cogitei usar croc*. Mas seria incoerente da minha parte. Porque se o objetivo fosse SÓ ficar confortável eu andaria descalça. E como isso não é possível, só me restam as cicatrizes. Pelo menos não estou só nessa dor.

*É mentira! Eu nunca cogitei usa um croc na minha vida! Com exceção de crianças (até 10 anos), chefs e enfermeiros, mais ninguém deve usar o conforto como desculpa pra essa ridiculisse!


Não me deixe só!

Up date: gente, eu amo sapatos, enquanto acessórios! Acho uma peça essencial para montar um bom look. Shoestok é meu Hopi Hari! Só estou lamentando o fato de que todos os modelos existentes no mundo me machucam.

5 comentários:

Joaninha disse...

Assim como no caso do clima, o problema NÃO é com o sapato; mas com o TRANSPORTE PÚBLICO.

Este sim, é um item que não combina com absolutamente nada, a não ser cheiro de Kolene no cabelo e sacolinha de papel na mão.

Danielle disse...

nossa, compartilho TOTAL da sua opinião sobre os pisantes! Ok, eu uso sandália, mas com meus dedinhos à mostra ainda me sinto livre (embora aprecie muito mais a opção "descalça")...mas não consigo entender qual a graça de apertar o pé em um sapato bico fino, por exemplo! Ainda bem que dessa mulherzisse eu não sofro! Shoestock: te desprezo! bju, gata Dani Barg

Ma disse...

Lara, te entendo perfeitamente. No momento não tenho nenhum sapato que fique confortável. Se descobrir alguma loja me fala, ok?
Bjs Ma

gremunhoz disse...

Ô amiga, valeu pelo crédito. Foi bom você comentar sobre as havaianas, pois esqueci que quando caminho da casa dos meus pais até a praia, volto com pelo menos 1 bolha em cada pé, exatamente onde as tiras pegam. De tudo só me resta agradecer por pelo menos o allstar não me fazer danos. Are baba hein! ;-))

Anônimo disse...

Incrível como é difícil encontrar algo totalmente confortável.
Concordo plenamente com você!

bjs.

http://osimdecadadia.wordpress.com