terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Astolfo, o macaco bananeiro

Era uma vez o Macaco Astolfo que vivia na Mata Atlântica. Uma floresta que outrora fora repleta de bananeiras, que com o tempo e o desmatamento foram desaparecendo. Por pura sorte a região em que Astolfo vivia continuava com uma quantidade razoável de bananeiras. E diversos macacos passavam por ali para comer bananas a vontade.

Mas Astolfo, que não era bobo, teve a brilhante idéia de se apropriar da plantação. Inventou um tal de loteamento e uma tal de escritura. Logo, pensou "se a terra é minha as bananas também são". E empreendedor como ele só, fez um curso no Sebrae e montou o único hipermercado de bananas da cercania. Tinha pencas para saciar todos os gostos da macacada faminta.

Não precisa ser analista de mercado para prever o que aconteceu. Macacos não têm dinheiro e Astolfo se fodeu!

Moral da história: Não adianta ter sorte, boas idéias, ser esperto, ter senso de oportunidade, bom preço e se preparar para a competição mercadológica. Tá no mundo, vai se foder!

2 comentários:

Cãmi disse...

Melhó morre logo!

gremunhoz disse...

ahahahah, "macacos não têm dinheiro!" Detalhe básico... Genial esse hein. Depois a gente podia sentar pra tomar umas e elocubrar todas as situações reais que se encaixam na metáfora. kkk