quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

Esse ano...

Eu não sei se é a época do ano, com seu clima mais que humano de boas festas e blá, blá, blá, ou se é só o calor do sertão derretendo o meu cérebro. Mas eu hoje, dia 31/12/2008, acordei meio assim, pedindo perdão pra vida. Não pelas falhas passadas, porque essa lista seria interminável e talvez imperdoável (zzzzzzz). Mas só pela vontade de me redimir.

Primeiro, a mim mesma. Por todas as fugas, sabotagens e falta de coragem. Tudo que eu podia, mas não fiz. Tudo que eu pensei, mas não materializei. E tudo que se quer planejei.

Segundo, aos que amo, pelos mesmos motivos e mais alguns. O principal é a falta de compreensão dispensada. Sei lá acho que o ser humano sempre peca por pura ignorância. Ok, alguns também pela falta de competência, mavon e traquejo social. Mas a maioria é só por ignorar que certas coisas existem lá fora. E assim pautamos o mundo por nós mesmos e insistismos em enquadrar tudo nisso.

Segundo, quero me redimir diante dos que não conheço. Ok, eu nem amo vocês, e vocês também cagam pra mim. Mas isso não significa que como igual eu não sinta uma certa responsabilidade por fazer parte de tudo isso e não fazer o suficiente pelo contexto.

Logo, aproveito o ensejo pra pensar. Porque pra mim a virada do ano simboliza a chance de refletir e recomeçar. De renovar-se pra seguir em frente. E em 2009 espero que estejamos aqui pra fazer tudo de novo, mas diferente!

Aquela coisa toda pra você e pros seus!
Ah, e mais compreensão no coração...

2 comentários:

bjomeliga disse...

2009 vai ser o melhor ano das nossas vidas. Sei lá por quê, mas quero acreditar que sim.
No fim do ano, não vai ter nada para ser redimido, só comemorado.
Então, feliz ano novo pra nós.

Cãmi disse...

Feliz ano nosso! ;)