terça-feira, 9 de setembro de 2008

Conchinha felicidade

Pois é, eu ando postando as receitas malucas aqui. Recentemente fiz uma que ficou muito cráasse! Logo, decidi compartilhar. Além de facílima de fazer, é uma géliça. Eu chamei de Conchinha da Felicidade. Então, abraça essa arraia:

Ingredientes:
Massa do tipo conchiglione - eu comprei a da Adria no lugar de gente feliz. É a melhor entre as opções pelo tamanho e pelo preço.
Gorgonzola
Brie
Golda
Mussarela ralada
Parmesão ralado
Uma bisnaga de molho de queijpo prato Polenghi. Tem de outras marcas, mas aí eu não garanto.

Preparo:
Cozinhe a massa. Mas cuidado, deixe mais ao dente, a idéia é que ela fique mais firme mesmo.
Pique a queijaiada. Se você tiver outros tipos de queijo em casa pode usar à vontade. Afinal, queijo NUNCA é de mais.

Depois que a massa já estiver mais fria vá enchendo as conchinhas com um pedaço de cada queijo e "tampe" com a mussarela ralada. Organize os barquinhos em uma forma. Reserve.

Pegue o molho de queijo e coloque em uma panela. Vá colocando as sobras dos outros queijos que você usou no recheio. Se você não é uma duênça por queijos como eu, pule essa parte e coloque o molho direto do saquinho sobre as conchinhas na forma. Tem que cobrir todo mundo.

Salpique o parmesão sobre o molho. Leve ao forno médio até dourar em cima. Pronto!
Coma até morrer, porque vai ficar bom pacarai.

PS.:Eu faço a minha cobaia Cãmi experimentar. E ela até que curte viu. Mas até aí, o que esperar de alguém que come pé de frango, né?

2 comentários:

ladybug disse...

PS: coma até ficar condor

Cãmi disse...

Pé de frango é bom, caceta! Já falei pra desapegar do visual! hahaha