quarta-feira, 2 de julho de 2008

Piaf

Ontem eu assisti ao filme "Piaf - Um hino ao amor". Ok, o assunto é velho, mas como eu boicoto cinemas em prol do meu bolso, tenho que esperar que outros formatos de mídia cheguem ao mercado. Bom, o que interessa é que estou completamente apaixonada e queria compartilhar. Há muito eu não via uma história tão sensível, sublime, FO-DA!



Non, je ne regrette rien
Non!
Rien de rien...
Non !
Je ne regrette rien
Ni le bien
Qu’on m’a fait,
Ni le mal,
Tout ça m’est bien égal !
Non!
Rien de rien...
Non !

C’est payé,
Balayé,
Oublié,
Je me fous du passé !
Avec me souvenirs
J’ai allumé le feu,
Mes chagrins, mes plaisirs,
Je n’ai plus besoin d’eux !

Balayé les amours,
Avec leurs trémolos,
Balayés pour toujours
Je repars à zéro...

Non!
Rien de rien...
Non !
Je ne regrette rien
Ni le bien
Qu’on m’a fait,
Ni le mal,
Tout ça m’est bien égal !
Non!
Rien de rien...
Non !

Car ma vie,
Car mes joies,
Aujourd’hui,
Ça commence avec toi !

Como vocês non parlê francê como moá, vejam a tradução aqui.

2 comentários:

lorylooove disse...

filminho foda esse aí.
isso sim é cinebiografia. =)

gremunhoz disse...

Que lindo amiga! Ainda bem que vc me contemplou com a tradução, pois a enxaqueca não me permitiria nem correr atrás disso. Filme europeu, que chique. Eu logo completarei 1 ano sem ir ao cine, que horror!!!