quinta-feira, 10 de abril de 2008

Pessoas que fazem da minha vida mais difícil

Universtários na mesa ao lado:
Geralmente eles estão no bar (são onipresentes) gritando uruuuuuu ou entoando cântigos guturais como poropopó pó pó pó.

Universitários, apenas:
Pensando bem, eles nem precisam estar na mesa ao lado para serem irritantes...

Preconceituosos do tipo "eu até tenho":
Eles sempre lançam: "Ai, gente! Eu nem tenho preconceito. Até tenho um amigo gay!" A palavra gay pode ser substituida por qualquer outra minoria excluída como negro, mulher, etc.

Fãs de carteirinha de qualquer coisa:
Ok, você pode gostar do que quiser. Mas eu adeio fãs de carteirinha. Gente chata! Eles não se contentam em gostar de tal coisa. Querem saber tudo! Investigam, estudam, respiram aquilo. Existem coisas e pessoas que despertam esse tipo de atitude. Por exemplo, Raul Seixas, Elvis e Star Wars. Eu gosto dos dois e muito (me refiro aos cantores. Sim, eu odeio SW!). Mas vamos combinar de não querer ser eles??? Além do mais, paixão é patologia e se você é aficcionado por qualquer coisa (Aliás, a palavra aficcionado já me irrita) ja perdeu parte da sua capacidade de avaliar se aquilo é bom ou não.

Atendentes de telemarketing EM GERAL:
Óquei, é batido. Mas e daí? Eles por acaso deixaram de ser irritantes? Eu gosto mais da atendente eletrônica da NET. Veja, ela, pelo menos, tem desculpa para ser binária afinal, é uma máquina!

Gente que fala "enfim":
Tá na moda falar enfim. Aliás, palavras e expressões entram na moda já notou?
E o que mais me irrita nisso é que quando voce vê tá falando também. E eu falo "enfim" às vezes, droga!

Cobradores de ônibus xavequeiros:
Vamos esclarecer uma coisa. Preconceitos inclusos, não é só porque eu tô no busão meu amigo, que faço parte do seu público alvo. Óquei?

Pessoas efusivas:
Pra quê tanta alegria? Pra quê? Ainda mais quando não nos conhecemos direito. Guarda isso pra vc! Um pouco de reserva, acidez e mau humor é bom. Juro!

Pessoas efusivas que encostam em você:
Vamos deixar claro: não invada meu espaço físico a não ser que eu autorize. Certo?

Odiadores de Paulo Coelho:
Não eu não amo o Paulo Coelho. Aliás, eu nem ligo pra ele. E digo mais, alguém que vende tantos livros assim algum mérito deve ter. Mas eu não quero discutir o mago de araque. O que me irrita de fato, são os intelectualóides que adoram abominar Paulo Coelho e por isso, acham que são de mais de cultos e informados. E pior, acham que falar mal do que é lugar comum os tornam diferentes. Ah tá!

6 comentários:

Danielle disse...

ehhh! Compartilho total o comentario sobre o PCoelho...nem to defendendo o mago, rs...mas tb acho que se ele poe o povo pra ler, qual o problema, minha gente? Uoh esse povo q quer pagar de intelectualoide se apegando a um senso comum! bjo sua tranqueiiiraaa! Barg (viu, eu tb sento no puf!)

rancorizando disse...

Eu acho um saco tb, mas falo enfim pracaraleo.
Enfim, é complicado isso..

Cubo Card disse...

sempre muito perspicaz e engraçada! =)

gremunhoz disse...

Amiga, nem me fala... eu falo muito "aí". Aí já viu, né? ahahahahah. Mas pior que isso só mesmo os que falam "no caso" toda hora. Mas não é como a a gente que fala pra tirar um sarro. Eles falam sério e fazendo pose. Geralmente são esses eternos universitários, os academiCUzões que abominam o Paulo Coelho sem nunca ter sequer dado uma folheadinha em algum livro dele. Adorei a lista! Dá pra fazer várias, NÉNNNN? ;-))

:: carol monti :: disse...

'coisas' que fazem da minha vida mais difícil:

- taças de vinho

- taças de champagne

- clientes abusados que saem do pub 1 hora depois que ele já fechou ....

"enfim...."

... essa vida de pub não é fácil non! rs

bjo

Bruno Ferrari disse...

senti-me ofendido por ser um universitário que odeia Paulo Coelho