segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Vinte e cinco, francamente, foi de graça

Pra começar a semana com uma segunda-feira cinzenta, nada melhor que um bom samba rancoroso no coração!

Praça Clóvis - Paulo Vanzolini

Na praça Clóvis
Minha carteira foi batida
Tinha vinte e cinco cruzeiros
E o teu retrato
Vinte e cinco
Francamente achei barato
Prá me livrarem
Do meu atraso de vida
Eu já devia Ter rasgado e não podia
Esse retrato cujo olhar me maltratava e perseguia
Um dia veio o lanceiro
Naquele aperto de praça
Vinte e cinco, francamente, foi de graça


Tô no looping gente. Já era!

Mas como não achei nem o audio nem o vídeo dessa música vou postar outra tão rancoroza quanto. E a gente segue no fico, fico, fico (onomatopéia que indica o apego ao rancor).



 Beth Carvalho - Vou Festejar

2 comentários:

Caroline Cardozo disse...

Se alguém estiver interessado em ouvir, é só acessar este endereço mega. Lara, ARRASOU! É quase um banho de descarrego!

http://app.radio.musica.uol.com.br/radiouol/player/frameset.php?opcao=umamusica&nomeplaylist=005879-8_19<@>Canta_o_Samba_de_São_Paulo<@>Praça_Clóvis<@>Beth_Carvalho_<@>0116<@>Beth_Carvalho_<@>UNIVERSAL<@>Velas

Greice disse...

Impressionante como os arquétipos musicais se encaixam em nossos momentos né miga?