terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Depressão pós compra

É um saco! Toda vez que compro alguma coisa, qualquer coisa, me dá depressão. Pois é. A intensidade varia de acordo com o bem adquirido. Quanto mais caro mais deprê eu fico. Calma gente! Não é nada apocalíptico. Não requer medicamentos, nem nada parecido.

Rende só algumas horas de culpa, que também variam de acordo com a aquisição. Se for uma barra de Talento vermelho, por exemplo, dura alguns minutos apenas.

Para combater eu aplico uma técnica antiga do Machadão, o de Assis*. O mesmo dos maços de cigarro que o Ministério da Saúde insiste em nos fazer crer que é um pulmão cancerígeno (de papel marchê, é claro).

Voltando. Eu uso a tática das janelas para a consciência. É simples e eficaz. Começo a buscar no fundo do meu âmago justificativas para o ato perdulário. E cada uma delas vai abrindo brechas de alívio na minha mente culpada.

No caso do Talento, por exemplo, penso: é TPM. Mesmo que não seja, sempre funciona. Mas quando a compra é ousada, leva mais tempo e mais justificativas. Às vezes, tenho que recorrer inclusive aos traumas de infância. Dá certo! Hoje mesmo eu apliquei.

Mas quando não rolar, você pode apelar para os amigos. Ou melhor, as amigas. Homens não servem pra isso. Primeiro porque eles não costumam fazer compras por impulso, segundo porque são péssimos em subjetividade... É bem provável que eles até te recriminem.

Bom, como diz um amigo meu "as mulheres só querem uma concordância". Por tanto, na dúvida, concordem com a gente e pronto! Mata a sede e reanima.

*Memórias Póstumas de Bras Cubas. Não leu? Problema seu!

5 comentários:

Joaninha disse...

Isso não me acontece porque minha consciência é rouca e eu sou surda. A gente não briga nunca!

MArcos Laercio disse...

Definitivamente, nao vao fazer comprar com um homem...é justamente ao contrario de vcs mulheres, a gente sempre acha justificativas pra nao comprar - e o pior, a gente as ouve e nao compra.
E sim, minha amiga larissa foi meu pequeno hamster nessa experiencia da necessidade enlouquecida feminina de ouvir um, "sim, vc tem razao."
beijos a todos

Caroline Cardozo disse...

Só eu sei o quanto tenho recorrido à essa tal "digressão larissiana"!
Lara, você não pode ficar divulgando assim tão abertamente nossas técnicas para entrar para o clube das compradoras compulsivas de vez em quando! Já pensou se os homens descobrem e resolvem rebatê-las o tempo todo? Não teremos paz nunca mais! Bjs

Greice disse...

Miga, liberdade, felicidade, não-rotina... bom se a gente pudesse praticar sempre, rotinizando essas 3... comi de TUDO e não bebi muuuita água nesses 15 dias de Europa (risos). Resultado: Nem engordei, nem emagreci. De quebra meu irmão ainda achou que eu estivesse mais magra. Ele, que como certos designers, é todo exigente. Tá bom, tá bom... subir ao Leão de Waterloo, à Torre Eifel, ao Duomo 2x e ao apartamento do Roberto também ajudou bastante, kkk.

Greice disse...

Reparou q eu só me prendi na parte dos chocolates? Claro, nem quero pensar na palavra COMPRAS ou CONTA... MEDO.