sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Epidemia


Bom, agora vai! Fiquei um boooom tempo sem postar. Cheguei até a pensar que tinha perdido o gosto pela coisa. Mas não. Foi só um período de seca criativa. E outra, foi só o rancorômetro apitar que eu corri pra cá para gorfar. E dessa vez, o meu rancor é com a moda franja.

Gente, onde que eu tava que de repente TODO o planeta (a nível de Brasil) resolveu cortar franja? Até o yorkshire da minha vizinha tá desfilando pelo prédio com uma bem farta!

Eu já vinha notando a coqueluche há algum tempo entre as descoladinhas. Mas agora todas as globais caretonas viraram franjudas. Pude constatar que não tava sozinha nesse rancor quando li sobre a peste franjal na TPM de outubro.

E hoje foi a gora d'água! Quando eu vejo a foto do Ivetão na home do UOL, com seu novo namorado bósnio (é, eu também não sabia que eles, os bósnios, não eram só uma criação do inconsciente coletivo) ostentando seu franjão no tapete do Grammy Latino.

Tudo bem, não dá para considerar muito uma balada que já premiou historicamente gente do cacife do Alexandre Pires. É cafona, ponto!

Mas PADD, se você não tem menos de 10 anos, pense e repense antes de meter um franjão na testa. Definitivamente NÃO é para todo mundo que fica bem. A Ivete tá aí para provar. Além do que, eu concordo com a Nina Lemos, não é muito bacana ficar com cara de todo mundo.

D:-)
(oh eu de franja)

6 comentários:

Camila disse...

nossa q combo. Tenho mto o que comentar aqui...
- Ivetão (agora na versão botocuda) ficou com cara de 10 anos... e isso não foi um elogio.
- bósnio??? Tá brincando...
- eu confesso q já pensei na tal franja... mas SÓ pensei! é que minha testa é grande, poxa!
- o yorkshire ficou uma graça!!
- adorei o "eu de franja"!
- acho que a moral da história para o uso da franja é a mesma do douro... não?
Terminei minhas considerações.

Lígia disse...

Larissa,não para de postar...Adoro tudo o que vc escreve,sempre leio apesar de não deixar nenhum comentário.Esses dias tb pensei em colocar franja por causa da imensa testa,refleti,acho feio pq vou usar???
Um beijão...saudades

:: carol monti :: disse...

Cabelos que não param atrás da sua orelha nunca são bons.... no no no franja pra mim ..

bjo

Greice disse...

Amiga, lamento te decepcionar... mas acho que fui afetada pelo inconsciente coletivo... risos! Eu não sabia do Ivetão, nem do bósnio, nem da MODA. Vc sabe que eu c... pra moda, né? Mas adivinha???!!! ahahahahah, isso mesmo, eu também cortei franja!!! Só que a minha tá mais discreta, pouco volume, desfiada, pra usar com pomadinha e tal. Mami quem cortou. Por outro lado, bem... digamos que eu tive uma recaída e decidi pintar as pontas do cabelo de violine, essa é a cor. Domingo vc vai conferir in personal. Acho que fui afetada por aquelas JAPAS do filme BABEL! ahahahah

Joaninha disse...

Meu único consolo é que quem as franjas de quem "lançou" a moda já até cresceram; quem corta hoje tá no varejão, quarta ou quinta leva.

Daqui a, no máximo uma semana, estará poderá ser vista nos melhores pontos de ônibus da M.Boi Mirim, e aí, finalmente, a classe média se toca e abandona.

Gente: franja não é/não pode ser moda. É só pra quem fica bem. E são muito poucas. Ainda mais entre as que já passaram dos 10 anos.

Ufa, acabou!

PS: Ainda não consegui direito ver o namo novo do Ivetão. Ele se esconde atrás das orelhas...

Marcos Laercio disse...

é, eu admito que eu recentemente quis colocar uma franja...mas como tenho pouco cabelo, optei pela tradicional "máquina 3, por favor..."
PS: Adorei o "eu de franja" da lari!