sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Vergonha própria

Muita gente diz que sofre de vergonha alheia. Eu também já disse isso várias vezes e sofri de fato. Mas andei refletindo e concluí: nada é pior do que a vergonha prórpia. Afinal, ela é sua, só sua.

Eu me toquei disso, porque várias vezes me vejo em situações vexatórias nas quais eu mesma me coloquei. Não posso nem transferir a culpa, poxa! Nos casos de vergonha alheia você se esbalda (não na hora, porque é constrangedor de mais), mas na própria você só quer que a Terra se abra e te sulgue para dentro.

Eu sofro de vergonha própria com esse blog, por exemplo. Sempre penso a cada post que publico que isso é um BO de vexames espontâneos. Escrevo milhões de baboseiras, que por algum motivo concluí que deviam ser publicadas. E o pior é que não pára por aí. Eu insisto para que as pobres almas, que as vezes chamo de amigos, leiam! Só para coroar a derrotra!

Ai que vergonha própria!

:-S

6 comentários:

Greice disse...

Ih amiga, esse seu post tá com cara de carência de elogios. Então pode contar com o meu, pois se o que você escreve é baboseira, eu sou baboseirete de carteirinha e pom-pom!!! ;-)

Tati Rodrigues disse...

Hahaha. Tinha que ser a Larissa... Tsc tsc. Gostei do post, mas fique sabendo que esse blog é bom demais, viu?! Veja só: nem que seja no fds, passo aqui pra ler seus textos. Adoro!
E é tão bom não ter vergonha na cara de vez em quando... Hahahaha
E também já disse que vc tem público cativo... Rsrs.

:: carol monti :: disse...

pois trate de continuar se envergonhando pq eu adorrooo sentar nesse puf. =]

bjooo

Cubo Card disse...

VOCÊ SÓ PODE SER LOUCA! hahahahaha. Larissa, seus medos auto-destrutivos são na verdade, a melhor maneira de tu encarar a vida e deixar as pessoas satisfeitas por viver sabendo que existe alguém como você. Poucas, raríssimas pessoas conseguem lidar tão bem com suas fraquezas. Você é muito super. Tu tá acima irmãzinha. TE AMO MUITO! ,)

Joana disse...

AHAHHAHAHHAHAHHAHAHHAHAH

Gêmea é gêmea mesmo, né?!

Marcos Laercio disse...

adoro momentos internéticos!
A maispura sinceridade deslavada!
Mas tu nao sabes lari que o falar sobre o nada é uma ds grandes sacadas de hj em dia?
Continue falando sobre o nada...é tao bom ler seu blog, eu ja te disse isso!
beijundas!
PS: MAntenha sua vergonah propria, masnao pelo blog, pelo amor de Deus (falando "pelo amor de Deus" segurando o colar...;)