quinta-feira, 23 de agosto de 2007

S.O.S

Não, não quero que ninguém me resgate. Só quero dividir mais uma inutilidade com vocês. Ontem fui fazer uma pauta no Hospital Israelita Albert Einstein, voilá! Eles estavam inagurando um Centro de Simulações Realísticas. Sim, REALÍSTICAS! O nome é bunda, mas o lance é tão prafrentex (adouro essa gíria idosa) que vale o neologismo.

O lance é assim: eles compraram* uns robôs para substituir pacientes no treinamento de médicos, enfermeiros e afins em situaçãoes difíceis de socooro urgente. Os bonecos fazem de um tudo. Respiram, têm pulsação, piscam, dilatam as pupilas mijam e vomitam! São capazes até de ter uma parada cardíaca. Calma pessoal, é tudo fake!

Mesuras a parte (carai, tô ficando velha mesmo!),começa a demosntração para a imprensa. Sim, nós, da imprensa temos essa pretensão de achar que sabemos de tudo antes. E sabemos.

A coisa envolve vários cenários, para várias situações. A idéia é simular um acidente de carro envolvendo pai e filho. Pai gravemente ferido e filho tresloucado por isso. A idéia é demonstrar a prestação de socorro médico e os procedimentos cirúrgicos a serem adotados no caso.

Ok, de repente o ator, que atuava como O filho e interagia com o bonecoBARRArobô, começa a gritar coisas como "SOCORRO, MEU PAI, SOFREMOS UM ACIDENTE, ALGUÉM ME AJUDE!" Tudo isso com uma sirene soando de fundo.

Inicialmente eu quase pulei da cadeira de susto. Depois fui tomada por uma súbita vontade de rir, lógico. A produção toda era uma coisa meio Televisa, com direito a gelo seco. Me controlei. Só que a intensidade e frequência dos gritos de pânico aumentaram e eu comecei a ficar tensa. E concluí, EU NÃO GOSTO DE GRITOS!

Gente, eu falo alto, tenho nível quatro no ranking Abafa Audio**, mas gritar é muito agressivo! Aquele cara aos berros me incomodou muito. Fico mal. Se alguém começa a gritar comigo, ou com alguém perto de mim meu coração já dispara. Acho que morri de berros na última encarnação. Resumindo, eu odeio brigas, rusgas, tretas, embates, surtos, discussões calorosas que terminam com sangue no zóio e veias proeminentes na testa. Pânico, terror e aflição!

Saco! Por isso, meu sonho é sem dúvida a Paz Mundial. Com muito queijo, claro.

*Um deles custa SÓ meio MILHÃO de RRRReais! Acho que me apaixonei por ele...


**Ranking Abafa Audio:
1º Elaine Rezende
2º Beto Macedo (em potencial vocálico)
3º Joana
4º Essa que vos fala

6 comentários:

Camila disse...

hahaha, esse vale mto mais q mto homem por ai... hahaa

bom, já eu adoro uma gritaria... seria influência de toda uma família de italianos q conversam aos BERROS? Dá uma sensação de "lar doce lar"...

E eu nunca ouvi o Beto abafando o audio!!!

Joana disse...

Eu dava TODA a unha do mindinho pra estar lá com essas quatro pessoas do ranking abafa-áudio...

Castilho disse...

esse tópico despertou uma questão que carrego comigo desde os primórdios. Q p** de ranking abafa-áudio é esse? Como faço pra me inscrever no campeonato? Grato.

Greice disse...

ahahahah, vc quer me matar de rir? Estou chorando de rir... e o que é pior, tento que compartilhar com as pessoas em volta, clógico! ;-))

Me põe aí na lista do abafa áudio, porque eu sou filha da dona Margá... vc lembra, né? Aquela distinta senhoura gaúcha, chegando no portão da casa, com seu roupão, bobs no cabelo, gritando singelamente pra rua inteira ouvir: GREICEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE, volta pra casa, GURIIIIIIIIAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Eu só não consigo abafar minhas próprias gargalhadas!

Filipe disse...

muiiiita vontade de rir! auehuaheuhaeuhae

Marcos Laercio disse...

uahuhauhauhahauahahuaha, adorei!
amigam vou te levar pra um plantao meu l� no bronx pra tu veres a vida como ela � (no minimo, barulhenta e irritante!)...especialmente quando tem um atraso de 2 horas nas fichas e o povinho do convenio "sus plus" come�a a gritar pq tao passando mal- sim, pessoas que passam mal com muita dor de cabeça (usualmente descritas como"a pior dor de cabeça que eles ja sentiram na vida") paradoxalmente conseguem gritar como num estadio de futebol!
Eu ate entendo a irrita�ao deles, sabe, lari, e entendo que eles me submetam a trabalhar sob xingamentos que alcan�am at� minha quinta gera�ao geneal�gica...afinal, eles usualmente estao tendo uma das 3 principais emergencias m�dicas que atendo: garganta inflamada com uma obsessao pela boa e velha benzetacil, narizes vermelhos funguentos e com ranho petrificado e por ultimo - mas nao menos importante - preguiça de ir trabalhar com necessidade de atestado medico!
isso nao tem jeito, n tem simulador que resolva a nao ser uma boa dose de paciencia - e claro, alguns bonecos vodu espetados com uma agulha no chacra genital com o nome daquela figura q te perturbou a noite inteira!
beijos silenciosos