segunda-feira, 25 de junho de 2007

Um lamento

Para cada momento perdido
Pelo riso engasgado
Por cada saudade apertada

Pela aquela resposta mal dada
Por um choro engolido
E pela espera sem chegada

Para suspiros escondidos
Por um abraço não apertado
E aquele sentimento encravado

Pelo rancor guardado
Para a mágoa mal resolvida
Pelo choque do já esperado

Pelo que já é passado
Para o que já foi vivido
E agora, está morto e enterrado

Um último lamento pelo o que há de vir
E há de ser bem vivido
E melhor ainda, lamentado

;-)

4 comentários:

Pherdna disse...

Muito bonito!

Tava sentindo falta de sentar no Puf... Posta mais!

Joana disse...

Mto bom! ADOREI!

Ariane disse...

E por mais q façamos valer a pena, parece q há sempre algo a lamentar !!! rs

Greice disse...

Lindo, minha sister. Sublimar escrevendo poesia é sempre melhor que fumar ou beber loucamente. Escreva mesmo, pois você encanta! Vê se depois joga esse lá fazendo parzinho com meu 'Lamento de ais'.