sexta-feira, 18 de maio de 2007

Vai Passar

Mais um texto velho. Tipo quatro anos. De repente senti essa vontade de compartilhar com vocês as velhices... Pelo menos algumas delas... Não sofram, são sentimentos antigos e já superados, mas que, por algum motivo (que desconheço), acho digno...

Segue:


Vai Passar

Porque nada dura para sempre. Nem mesmo o que é bom.
Um dia eu vou rir de tudo isso.
Vou sentir que cresci, que mais uma vez me levantei e fiquei mais forte do que antes.

Por mais que seja difícil interiorizar agora, vai florir de novo e vai ser melhor, maior, mais intenso.
Assim como hoje está bem melhor que ontem.
Essa é a graça e a nossa desgraça.

Vivo cada escolha sem culpa e sem arrependimentos.
Porque a questão não é o certo ou o errado.
É o aprendizado.

A alma cresce experimentando a vida.
Sofrendo, morrendo e renascendo na possibilidade de reinventar amores, dores e pavores.

Porque a capacidade de errar é um dom.
Só os corajosos quebram a cara. Os covardes são fracos demais para se arriscarem. Seja lá com o que for.

Vai passar porque a vida é assim, uma passagem.
E se não tiver risco, não tiver fatos, não tiver tato, ela passa sem sentir.

E para mim, isso já é a morte!


;-)

5 comentários:

Castilho disse...

se a capacidade de errar é um dom eu sou gênio.

Joana disse...

Sempre a calhar...

GUILHERME disse...

e sempre profundos!! to achando q vc é igual a Elaine (que ve meu humor no elevador e inventa meus horóscopos).. ahahhaha

Greice disse...

Amiga, que coisa linda... eu não lembrava ou não conhecia, adorei. Estou ouvindo um cd maravilhoso com algo que temos em comum: Buena Vista Social Club & cia. Chama-se: Rhythms Del Mundo. A versão caribenha de Clocks do Codlplay é algo que me faz sair dançando mesmo sem maracas! Daqui a pouco vou te mandar uma foto do seu aniver que achei aqui. Voltando a seu post, te digo algo: vai passar... e vai passar várias vezes em várias versões, provocando dejavus na matrix ;-)

Roberto disse...

textos bons são atemporais