quinta-feira, 10 de maio de 2007

Eeeee quarta-feira!

Ontem foi um dia tenso para nós moradores de São Paulo. Começamos a maratona com duas coisas na cabeça: a chegada do santo homem (que pra mim nem é tão santo assim e, se pá, nem tão homem, mas ok) e uma chuvinha fina, gélida e infinita.

O mais incrível de se morar aqui é justamente isso, a amplitude das variáveis na sua vida. Na terça tava tudo bem pra quem envelhece na cidade. Fazia um calorzinho bacana e um congestionamento honesto. Tudo super ok.

Mas aí, como uma piada divina (só pode ser né?), o Papa resolve chegar e trazer com ele condenações pré-históricas e uma queda brusca na temperatura do tipo MENOS 10º! Ninguém esperava isso!

Tá, tá, o Papa a gente já esperava sim. Aliás, já nem queríamos que ele viesse mais, pra ser honesta. Mas os 10º graus negativos eu juro que foi supresa! E das ruins! Quem me conhece sabe dessa minha deficiência em relação ao frio.

Agora, só nos resta descer do maleiro os trajes de inverno, os edredons com cheiro de guardado e torcer para que o Chico Bento XVI siga o mais rápido possível para o Aparecida e nos deixe em paz com as várias variáveis que já estamos familiarizados.

;-)

2 comentários:

Joana disse...

Eu fiz minha parte: xinguei o papa e ele viu!

Fick den Papst!
Fick den kalt!

Greice disse...

Ahahahah, claro que eu lembrei de você pelos 2 mesmos motivos: ó o Papa aí ó + 9 graus saindo da USP. Socorro... naquela noite, numa crise depressiva invernal, passei na padoca, comprei 2 pães italianos tam G, fiz sopa no pão a la Frans e abri uma garrafa de vinho com meu mano (brinde da feira do vinho/cachaça). Não sem antes pegar um congestionamento no metrô, quem diria, graças à visita do velhinho de saia. Alcoolizada e com altos níveis de testosterona, fiquei assistindo futebol e ouvindo as barbaridades do Galvão Bueno que agora virou diversão pra mim. Polaramine e neosaldina fizeram parte da festa que acabou com assovios... mas não era de torcida nenhuma, era eu com um início de bronquite. Viva o IN(V)(F)ERNO e a tabelinha pra não engravidar, coisa modeeeerrrrrrna! Não foi zeca-feira, foi uma mistura de eca-feira com ZICA-feira! ;-))