segunda-feira, 30 de abril de 2007

O inverno é o meu inferno

Esse longo desabafo deve ter bem uns 3 anos. Ele foi escrito num dia de muito rancor climático. É grande, mas é tudo o que sinto na pele quando a temperatura cai. E em homenagem a essa recente baixa (que já influencia no meu humor) resolvir dividí-lo com vocês...Vai ter gente que vai gostar e quem vai querer dar na minha cara. Mas a vida é isso, um emaranhado de discordâncias...

Segue:

Não acredito em coincidências e sim em sincronicidade. Não é por acaso que os nomes são praticamente iguais, com exceção de uma única letra. Para mim a idéia de inferno é bem ao contrário do que se prega por aí. Do meu ponto de vista "os quintos" está mais próximo do Álasca ou até mesmo de Noruega. O diabo poderia bem ser o Abominável Homem das Neves e, em vez de sermos cozidos em caldeirões, seríamos mantidos em piscinas bem geladinhas por todo o sempre. E não morreríamos de frio porque simplesmente já estaríamos mortos! Não é coerente!?

Nada contra um friozinho, um vinhozinho, uma lareira, um sexozinho debaixo das cobertas, fondue e coisas do gênero. Desde que eu estivesse na montanha em um chalé com sistema de calefação, de frente para uma lareira romântica, tomando um vinho da melhor safra, naquele estágio de letargia entre o sono e o despertar.

Agora eu pergunto: Você está nas montanhas??? Pois é, eu também não!
Para ser mais específica eu estou em São Paulo (isso já explica parte da minha revolta) na frente do micro, lutando contra a natureza para que meus dedos não congelem e eu consiga digitar esse desabafo até o fim. Estou aqui curtindo esse clima gélido acompanhado de uma chuvinha insuportável que já dura mais de 24h!

É isso aí. Definitivamente eu detesto o inverno! Eu entendo que esse clima é essencial para natureza. É a fase da reclusão, onde as espécies se recolhem e se preparam para cumprir o ciclo da reprodução, produção e colheita. Acontece que não moramos mais em cavernas e no inverno temos que sair dos nossos abrigos para trabalhar. Pelo menos a maioria de nós tem! Alguém por favor, avise aos responsáveis pelas alterações climáticas que não é possível viver assim.

Hoje foi um prazer quase celestial levantar da cama às 7h da madrugada. Tudo que estava do lado de fora do meu edredom congelou. A toalha, as peças íntimas, a calça e as blusas pareciam saídas da máquina de lavar. Os 10 segundos entre o chuveiro e a tolha parecem 10 anos.

E o café da manhã? Quando abri a geladeira para pegar o Ades, nossa, achei que fosse desencarnar. Ah, aliás, em hipótese alguma tentem aquecer o leite de soja.

Essa é outra característica adorável do inverno: alimentos leves não combinam com o frio. Imagina só que delícia, acordar cedo nesse climinha ameno e devorar uma salada de frutas geladinha heim?! Você mal consegue segurar a taça sem sentir dor. Logo, para evitar a hipotermia você passa a ingerir compulsivamente alimentos quentes e por conseqüência extremamente calóricos. Essa é umas das únicas formas de manter seu organismo trabalhando, produzindo calor e claro, acumulando calorias. Como eu invejo os ursos!

Tudo bem, eu admito que rola uma implicância, diria até uma má vontade da minha parte em relação a esse clima, mas eu explico. Além de ter ascendência africana, eu nasci e fui criada no centro-oeste do país, em meio ao clima tropical de cerrado com temperatura média de 28º. No verão temos quase 40º à sombra! Sinceramente para mim é uma tortura militar sentir frio. Entenderam a dimensão do meu sofrimento? Até a minha alma está com frio.

Só resta-me a resignação. Sonhar com a possibilidade de ir para casa dormir e acordar em meados de outubro quando o solstício sul entra em ação. Deus salve as toucas, as luvas, as meias calça fio 60 e os capuccinos!

;-)

5 comentários:

ladybug disse...

Deus salve o choconhaque!

Camila disse...

ai, como eu compartilho esse rancor.
Eu ODEIO o inverno. ODEIO.

Roberto disse...

milano - 26°
vem?

Fabio disse...

adoro aquelas pessoas cafonas que dizem "ai, o inverno é muito mais chique... no frio todo mundo se veste bem".
dá vontade de dar uma porrada. que idéia fraca é essa?
só tupiniquim mesmo para achar que o frio tem alguma graça. com certeza é melhor para trabalhar. mas para todo resto (inclusive o caminho entre a cama e o escritório), o frio é um inferno.

Greice disse...

Mana, se alguém quiser dar na tua cara, me chama pra eu apanhar junto e sentar porrada nos peludos calorentos, ahahahah. Como agora eu ando muito 'secretizada' não posso mais entoar o mantra do odeio, mas no fundo é isso... o inverno sempre chega pra me desafiar, mesmo quando torço contra o aquecimento global. Que a grande Deusa do verão nos proteja! Lembro bem desse texto canônico,kkk